Mantiqueira na revista Science



Traduzi uma carta sobre a Serra da Mantiqueira que foi publicada na revista SCIENCE - uma das mais importantes revistas científicas do mundo. Entre os escritores está Gui Becker , biólogo brasileiro, doutorando da Universidade de Cornell .


Nessa carta, a Mantiqueira é comparada com as Montanhas Adirondacks, próximas à Nova York, que no passado enfrentavam os mesmos desafios sócio culturais que a Mantiqueira. Porém, no caso americano, esses desafios forma resolvidos há mais de um século com a criação de um parque natural bem administrado.  
Já no caso brasileiro...   confiram o texto abaixo:


OS ADIRONDACKS BRASILEIROS?

Terras Altas da Mantiqueira

O nome da Serra da Mantiqueira, traduzido do tupi-guarani como "Serra que chora", ressalta sua importância histórica como uma fonte de água para a região sudeste do Brasil. A Mantiqueira abriga extraordinária história sociocultural, e seus altos picos formam importante corredor ecológico de vida selvagem dentro da biodiversidade do Hotspot da Mata Atlântica. O cenário marcante e proximidade com o Rio de Janeiro e São Paulo (17,6 milhões de habitantes ao todo) oferecem uma oportunidade para considerar novos modelos de conservação e sustentabilidade.

Expansão Agrícola na Mantiqueira

Em 2006, o Ministério do Meio Ambiente criou o Mosaico Mantiqueira, uma rede de unidades de conservação públicas e privadas, para melhorar a conservação da biodiversidade e o bem-estar local. No entanto, a implementação da maioria das unidades de conservação foi adiada e muitos ainda não têm um plano de gestão. Por exemplo, a criação do maior parque (Parque Nacional Altos da Mantiqueira), que irá abranger 86 mil hectares de altos picos, encontra-se parado desde 2010. A expansão da economia no Brasil, e os 40% de aumento das terras agrícolas na próxima década, vão representar uma séria ameaça para os restantes 10% da Mata Atlântica.


Parque Adirondack

No século 19, as Montanhas Adirondack, ao lado de Nova York e Albany (8,4 milhões de habitantes), enfrentaram  um cenário muito semelhante devido à exploração madeireira e mineração, levando à criação do Parque Adirondack, em 1892. Junto com o Algonquin Provincial Park, no Canadá, os Adirondacks servir como um corredor ecológico chave para a vida selvagem na América do Norte. O Parque Adirondack administra com sucesso um mosaico integrado de terras privadas e de capital aberto, suporta o uso sustentável da terra, regula as atividades de lazer, e promove o ecoturismo e educação.


Ecoturistas na Mantiqueira
Ecoturistas nas Adirondacks

Os desafios de conservação dos Adirondacks e da Mantiqueira são semelhantes, apesar de terem sido propostos há mais de um século de distância. O futuro da cadeia de montanhas mais proeminentes do Brasil como uma espaço natural agora depende da implementação acelerada da rede de conservação pelo Governo Federal para que o Mosaico Mantiqueira possa promover a conservação da biodiversidade e gestão ambiental através do uso sustentável da terra e acesso do cidadão. 


Adirondacks


C. Guillerme Becker, David Rodriguez, Kelly R. Zamudio
Departamento de Ecologia e Biologia Evolucionária, Universidade de Cornell, Ithaca, NY 


Nome do Autor

Sobre o autor: Família, amigos, florestas, montanhas, praias, bichos, música, aventura, antropologia, história, ciência, literatura, audiovisual e, lá no fundo, talvez o João. ProjetoEntreSerras

3 comentários:

  1. Obrigado pela tradução desse texto

    ResponderExcluir
  2. Legal, obrigado por divulgar;
    Gui Becker

    ResponderExcluir
  3. E o que será que a gente pode fazer pra esse projeto do Parque Nacional Altos da Mantiqueira sair do papel?!?

    Nosso tesouro correndo risco!!!

    Michelli Ribeiro (Trilheiros do Vale)

    ResponderExcluir